Autor Tópico: Pirataria de jogos, ideias de como lidar?  (Lida 247 vezes)

Offline Crixus

  • *.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*
  • Soldado
  • *

  •  Mensagens: 450
  • BraveCoins: 0
  • Sexo: Masculino
  • Medalhas
    Tenha 2 anos na comunidade. Participante do evento: Lua Infectada Clã vencedor do evento: Lua Infectada 2017.
    • Ver perfil
    • Museu Rpg Maker
    • Inventário
Re:Pirataria de jogos, ideias de como lidar?
Resposta #15 Online: 18 de Junho de 2017, 19:57:07
Espera aí, quem PIRATA não é quem distribui coisas de maneira ilegal e não o consumidor?
Por exemplo, você vai até o paraguai e compra uma versão réplica do Iphone e ainda se gaba de ter "Google PlayStore" nele? Mas o pirateador nem é o vendedor no paraguai e sim a empresa fundo de quintal que desenvolveu para venda e grandes lotes.

Agora quando se trata de softwares repassados ou craqueados o pirata é o cara que desenvolve o CRACK ou o cara que compartilha uma coisa que ele comprou, no caso dos TORRENTs todos que baixa e mantém semeando também poderiam ser considerados piratas.

Só pra esclarecer.

Offline Rafael_Sol_MAKER

  • God Jabu Almighty
  • Administração
  • *

  •  Mensagens: 1242
  • BraveCoins: 207
  • Sexo: Masculino
  • Medalhas
    Tenha 2 anos na comunidade.
    • Ver perfil
    • Condado Braveheart Indie Games
    • Inventário
Re:Pirataria de jogos, ideias de como lidar?
Resposta #16 Online: 18 de Junho de 2017, 20:44:26
Espera aí, quem PIRATA não é quem distribui coisas de maneira ilegal e não o consumidor?
Por exemplo, você vai até o paraguai e compra uma versão réplica do Iphone e ainda se gaba de ter "Google PlayStore" nele? Mas o pirateador nem é o vendedor no paraguai e sim a empresa fundo de quintal que desenvolveu para venda e grandes lotes.

Agora quando se trata de softwares repassados ou craqueados o pirata é o cara que desenvolve o CRACK ou o cara que compartilha uma coisa que ele comprou, no caso dos TORRENTs todos que baixa e mantém semeando também poderiam ser considerados piratas.

Só pra esclarecer.
Esse é um ponto importante. É bom deixar isso bem claro, quem faz os cracks e keygens, etc. que é o Pirata, os usuários ou consumidores de certa forma "pirateam" o software, mas não devem ser confundidos com quem os faz.

Não que isso isente quem "financia" as operações destes, mas uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa.
 

Estes usuários estão vendo este tópico:
0 Membros e 1 Visitante